segunda-feira, 4 de julho de 2011

Curriculum Vitae


Curriculum Vitae
a Carruagem da Vida!
Suas mercadorias mais íntimas.
É o que só você vê.
É tudo que tem quando está sozinho.
Se o fardo for pesado,
só você sente o peso ao levar.
Se brilha, recheada de tesouros,
o valor desse ouro
se reverte só para ti.
O essencial da vida,
suas dedicações e carinhos,
desde a era em que papel não valia.
Desde nômades, andantes e ciganos.
O fluxo natural do seguir em frente,
catando as pedrinhas simples do caminho.
Cada qual escolhe o pedido da bênção,
faz da própria alma o símbolo
e sem querer esconder leva
dentro de si, contido,
tudo o que há de melhor;
e, através do curriculum,
tenta-se preencher
requisitos mínimos
para o perfeito encaixe
da necessidade de um ser.
Utopia digna de revisão, visto que
a alma não pode ser retratadaCurriculum Vitae
a Carruagem da Vida!
Suas mercadorias mais íntimas.
É o que só você vê.
É tudo que tem quando está sozinho.
Se o fardo for pesado,
só você sente o peso ao levar.
Se brilha, recheada de tesouros,
o valor desse ouro
se reverte só para ti.
O essencial da vida,
suas dedicações e carinhos,
desde a era em que papel não valia.
Desde nômades, andantes e ciganos.
O fluxo natural do seguir em frente,
catando as pedrinhas simples do caminho.
Cada qual escolhe o pedido da bênção,
faz da própria alma o símbolo
e sem querer esconder leva
dentro de si, contido,
tudo o que há de melhor;
e, através do curriculum,
tenta-se preencher
requisitos mínimos
para o perfeito encaixe
da necessidade de um ser.
Utopia digna de revisão, visto que 
a alma não pode ser retratada 
com qualquer exatidão.

(Danilo R. Leite)

Nenhum comentário:

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License