sexta-feira, 30 de março de 2012

Critérios - Parte 2 (Bossa Nova)


Eu quero arrulhar por aí, assim despenado.
Voar meio sem jeito, como ave bandida.
Quero admirar a bondade da vida,
vista de cima do Corcovado.

Tenho consciência de ser marginal.
Tenho orgulho de ser carioca.

Tomo um chopp de manhã,
bebo um uísque à meia luz.
Prezo a amizade e a arte,
que me fazem parte do que lhe seduz.

Um cantinho, um violão
e a interjeição repleta de carinho:
...o redentor – “que lindo, Tomzinho!”.

Vi um deslumbrar sincero eternizar-se em canção,
critério importante no seio meu desde então.

Um comentário:

Savio Gomes música&poesia disse...

Maravilha, isto! Li e juro que 'ouvi' Bossa Nova, talvez o Jobim sorrindo feliz...

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License